×

Jato de tinta contínuo: a importância da qualidade dos códigos

  • By David Croft
  • dezembro 08, 2016
  • Produtos de limpeza
  • Bebidas
  • Beleza e cuidados
  • Alimentação
  • Ciências da vida
  • Tabaco
  • Industrial

O equipamento antigo de jato de tinta contínuo (CIJ) pode não conseguir estar à altura dos novos desafios, mas os atributos positivos da tecnologia fazem com que muitos fabricantes gostem de trabalhar com o CIJ, afinando regularmente impressoras mais antigas para otimizarem o desempenho, mesmo que isso possa implicar fechar os olhos a uma codificação inadequada.

Contudo, a qualidade da codificação é cada vez mais determinante, porque um código insuficiente ou inadequado pode não satisfazer os requisitos da cadeia de abastecimento.

“Para as empresas no Reino Unido, informações enganosas na etiquetagem ou embalagem podem constituir uma infração penal ao abrigo dos Consumer Protection from Unfair Trading Regulations (Regulamentos de Proteção do Consumidor em Casos de Práticas Comerciais Desleais) de 2008” – Câmara de Comércio e Indústria de Londres

A qualidade do código impresso depende de diversos fatores: aplicação exata, emissão precisa do jato, legibilidade e contraste, boa adesão e durabilidade face a desafios ambientais e manuseamento físico.

Existem várias razões para a ineficácia de um código de CIJ, nomeadamente questões relativas ao sistema de codificação em si e ao ambiente de produção. Paralelamente, com a introdução de novos materiais de embalagem, a seleção da tinta errada para a superfície pode resultar num código de fraca qualidade.

As velocidades de produção elevadas podem afetar visivelmente o código, o que pode originar exemplos em que os dados não estão impressos na zona designada para codificação ou o código parece “esticado” na etiqueta ou superfície. A qualidade de impressão também pode ser um problema. Em alguns casos, a resolução do código pode não ser suficiente, implicando uma maior necessidade de gotas de tinta para conseguir a definição desejada.

Se for selecionada uma tinta inadequada ou de fraca qualidade, podem surgir problemas de adesão e os códigos podem aparecer esborratados ou com fissuras, tornando-se ilegíveis.  O contraste do código também pode constituir um desafio em determinadas superfícies, por exemplo, em vidro ambarizado ou garrafas transparentes com líquidos escuros.  Embora estejam disponíveis cores contrastantes como o branco ou amarelo, a sua reputação de fraca fiabilidade faz com que os fabricantes as evitem sempre que possível.

Os estudos de mercado da Domino confirmaram que a qualidade dos códigos era o desafio mais importante, tanto agora como no futuro. Quando lhes foi solicitado que classificassem a importância dos problemas relacionados com a codificação em comparação com outros problemas de produção, mais de metade dos inquiridos disseram que os problemas de codificação seriam de máxima importância.

Para aprofundar o modo como o CIJ está a mudar para satisfazer as necessidades de fabricantes e produtores a nível global, não perca o nosso artigo Reinventar as regras: como o jato de tinta contínuo está a mudar de forma a satisfazer as necessidades de produção do futuro e o nosso novo website da Ax-Series a fim de saber exatamente como a Domino está a reinventar as regras da codificação e marcação.

Partilhe a sua opinião em baixo ou encontre-nos no Twitter e no LinkedIn. Siga o Blogue da Domino para se manter a par das novidades da Domino sobre produtos, tendências do setor e conselhos para o futuro.

Code quality

Featured Articles

NECESSITA DE MAIS INFORMAÇÕES?

Saiba como a experiência da Domino líder na indústria pode ajudar a sua atividade hoje

Saiba mais